6votadas

Estado Islâmico captura armas jogadas de avião para curdos vídeo

As armas e munições, além de materiais médicos, foram lançadas nesta segunda nas proximidades da cidade síria de Kobane por um avião C-130 das Forças Armadas americanas. O material foi entregue por autoridades curdas iraquianas com o objetivo "de apoiar a resistência ante as tentativas do Estado Islâmico de tomar Kobane" - chuza.gl/story/eua-lancam-armas-pelo-ar-para-curdos-combatem-estado-iso -. Combatentes do grupo Estado Islâmico (EI), capturaram pelo menos uma caixa com granadas, lançadores de granadas e munições.

9votadas

Nemesio Barxa - Experto em direito civil galego: Epístola a Vitor Vaqueiro

Solidariedade contigo, Vitor. Somos alvo dos isolacionistas que protestam contra nossos escritos (cada qual no seu ámbito, eu no da Justiça), mentras que nos nem nos preocupamos deles. Abandonar a luta sería desertar do nosso povo e da nossa identidade. O colonizador impoe a sua ortografia e sintaxe á escrita galega (incluso palabras) com o que separa ao galego do seu tronco lingüstico, que é a lusofonia, para integralo no mundo do castelhano, pasando de este jeito, silandeiramente, a converter a lingua galega num dialecto da lingua castelhana.

 2 comentarios en: Cultura, Língua karma: 91
9votadas

Regresión en Citroën: "traballar 12 meses e cobrar 11 sen pagas extra" vídeo

"Traballar 12 meses e cobrar 11 sen pagas extra", esa é a equivalencia que segundo os cálculos da CIG resultaría ao aplicar os plans que pretende a multinacional aos ingresos actuais do cadro de persoal da factoría de Vigo.

7votadas

O Estado insiste en negar a incapacidade á galega con cancro

A maioría absoluta do PP rexeitou a súa proposta de darlle maior protección aos doentes de cancro e a incapacidade permanente durante o seu tratamento e este pasado xoves, a Seguridade Social tampouco cedeu. Ante o xuíz, argumentou que a galega Beatriz Figueroa é apta para traballar porque o tumor que sofre está controlado e non ten en conta o duro tratamento, ese que permite o control da súa enfermidade.

11votadas

Teresa supera o ébola!

A técnica de enfermaría galega deu negativo na súa cuarta proba do vírus do Ébola, polo que "cumpre os criterios de cura da doenza", anunciou un responsábel sanitario.

11votadas

A história do jovem que inventou uma vida paralela e enganou os espanhóis

Francisco Nicolás passeava-se bem vestido, conduzia ou era conduzido em carros de luxo, dizia-se assessor do Governo. Mais do que dizer que tinha influência junto das mais altas patentes, Nicolás comportava-se como se tivesse essa influência e esse poder. E isso ter-lhe-á dado acesso a eventos tão exclusivos quanto a recepção que os reis Felipe e Letizia ofereceram no Palácio Real após a cerimónia de coroação no Congresso, em Junho. Foi detido na semana passada com acusações de burla e usurpação de identidade.

10votadas

Jantar de boas-vindas aos novos sócios e sócias da AGAL

Como cada ano, a Associaçom Galega da Língua (AGAL) organiza um convívio para dar as boas-vindas aos novos sócios e sócias da entidade. Este ano será com um jantar que terá lugar a 8 de novembro, às 14h30, no restaurante compostelano A Nave de Vidán. Como o jantar vai decorrer num espaço reservado na Nave, ademais de desfrutar das refeições será possível também conversar de estratégias e de projetos. A ementa do jantar custará 10 € (dez euros) e será necessário confirmar a presença no endereço secretaria@agal-gz.org.

16votadas

«A distinção entre ‘galego’ e ‘português’ depende da posição em que se colocar quem observa»

Vítor Vaqueiro sofreu discriminação por conceber o galego como algo inseparável do português - chuza.gl/story/victoriano-taibo-normativa-como-problema -. "A distinção entre ‘galego’ e ‘português’ depende da posição em que se colocar quem observa. Se considerarmos galego o que se fala na rua, então 'carretera', 'a leite', 'naranxo' ou 'o ponte' é galego. Às avessas, muitos textos publicados na norma ILG não são ‘galego’, porque a gente não diz árvore, nem luvas, nem hepatite, nem centos de vocábulos que estão padronizados como galego".

 1 comentarios en: Cultura, Língua karma: 100
14votadas

O Governo de Valência em colaboração com a RACV (gémea da RAG) quer fazer Lei o isolacionismo

Apresentação do rascunho,da nova 'llei de senyes d'identitat', que estabelece um observatório de controle de atentados aos sinais de identidade para isso conta-se com a RACV entidade que afirma o valenciano idioma distinto do catalão e que defende uma normativa distinta da da Academia Valenciana que afirma catalão e valenciano a mesma língua. A definição da língua como principal sinal de identidade e diferente de qualquer outra língua

 3 comentarios en: Cultura, Língua karma: 81
19votadas

«Cambio» ou «troca»? «Em troca» ou «no entanto»?

É correto o uso de «em cámbio"? Ex: «Sempre transijo; em cámbio, ti tés que sair sempre com a tua.» O uso da palavra cámbio, em galego-português, deve restringir-se àqueles enunciados relacionados com as divisas («cámbio dólar-euro», p.ex.). Quando a voz castelhana cambio tem o valor de permuta (p.ex., na locuçom a cambio de), em galego equivale a troca, e quando tem o valor de transformaçom, equivale em galego a mudança, (ou alteraçom). En galego usa-se no entanto, porém, enquanto (que), polo contrário...

12votadas

Música Lusófona 23, 25 e 29 de outubro na Ciranda

Womex (World Music Exposition) é um projeto internacional de apoio e desenvolvimento das Músicas do mundo. Este ano 2014 a cita é em Santiago de Compostela. Decorrerá em vários pontos da cidade entre as datas 22-26 de outubro. Da mão de Acentral Folque chegam à Ciranda vários músicos, produtores/as e musicólogos da Lusofonia que vão visitar nestes dias a nossa cidade e aproveitam para nos conhecer, chegar-nos a sua experiência, os seus discos, os seus livros, e conversar connosco.

14votadas

Fundador do Facebook surpreende ao falar mandarim em Pequim

O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, que está na China no âmbito de uma viagem de negócios e promoção, causou surpresa ao expressar-se em mandarim numa conferência na Universidade de Tsinghua, em Pequim. O jovem empreendedor participou numa conversa com alunos da universidade e começou por saudar a audiência com um "ni hao", algo que muitos estrangeiros fazem por cortesia quando participam nos atos públicos no país asiático. A diferença é que Zuckerberg continuou a falar em mandarim durante vários minutos.

 3 comentarios en: Cultura, Língua karma: 87
17votadas

A Universidade de Vigo estreita lazos con Portugal a través da auga, o turismo e a alimentación

Dobres titulacións de grao e proxectos de investigación cos que captar estudantado e achegas económicas para o Campus da Auga. Estas foron as principais liñas desenvolvidas na primeira reunión de traballo entre a Universidade de Vigo, a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (Utad) e o Instituto Politécnico do Porto (IPP), un proceso de colaboración xurdido tras o I Encontro Interrexional entre estes centros e liderado polo campus de Ourense que comeza a dar os primeiros pasos arredor do ámbito académico e de investigación.

14votadas

Homem paralisado voltou a andar após transplante

Um búlgaro que estava paralisado do peito para baixo consegue agora andar, com a ajuda de um suporte, depois de um transplante usando células do seu nariz. A técnica, descrita como sendo um avanço pioneiro num estudo do jornal científico "Cell Transplantation", envolveu transplantar células olfativas para a medula espinal e construir uma "ponte" de nervos, para ligar as duas pontas danificadas da coluna. Darek Fidyka é a primeira pessoa com uma lesão no nervo da coluna vertebral desta gravidade a conseguir recuperar desta forma.

22votadas

Petición online contra o control caciquil dos locais sociais no concello de Paderne

A Asemblea veciñal do concello de Paderne está en loita polo libre acceso e uso dos locais sociais do concello, pagados cos impostos de todos e todas, e que o alcalde xestiona dun xeito totalmente caciquil. A asemblea lanzou unha campaña de sinaturas online na plataforma Change.org para facer público o conflito e buscar a implicación de veciñas e veciños na loita polos seus dereitos.

« anterior12345...1834» seguinte

Chuza