11votadas

Homem paralisado voltou a andar após transplante

Um búlgaro que estava paralisado do peito para baixo consegue agora andar, com a ajuda de um suporte, depois de um transplante usando células do seu nariz. A técnica, descrita como sendo um avanço pioneiro num estudo do jornal científico "Cell Transplantation", envolveu transplantar células olfativas para a medula espinal e construir uma "ponte" de nervos, para ligar as duas pontas danificadas da coluna. Darek Fidyka é a primeira pessoa com uma lesão no nervo da coluna vertebral desta gravidade a conseguir recuperar desta forma.

9votadas

A Universidade de Vigo estreita lazos con Portugal a través da auga, o turismo e a alimentación

Dobres titulacións de grao e proxectos de investigación cos que captar estudantado e achegas económicas para o Campus da Auga. Estas foron as principais liñas desenvolvidas na primeira reunión de traballo entre a Universidade de Vigo, a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (Utad) e o Instituto Politécnico do Porto (IPP), un proceso de colaboración xurdido tras o I Encontro Interrexional entre estes centros e liderado polo campus de Ourense que comeza a dar os primeiros pasos arredor do ámbito académico e de investigación.

7votadas

Fundador do Facebook surpreende ao falar mandarim em Pequim

O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, que está na China no âmbito de uma viagem de negócios e promoção, causou surpresa ao expressar-se em mandarim numa conferência na Universidade de Tsinghua, em Pequim. O jovem empreendedor participou numa conversa com alunos da universidade e começou por saudar a audiência com um "ni hao", algo que muitos estrangeiros fazem por cortesia quando participam nos atos públicos no país asiático. A diferença é que Zuckerberg continuou a falar em mandarim durante vários minutos.

 3 comentarios en: Cultura, Língua karma: 87

Chuza