23votadas

Lídia Senra - O CETA é a entrega da soberanía dos pobos ás multinacionais [CAS] vídeo

Canle de AGEE. Intervención de Lídia Senra sobre o acordo de libre comercio UE-Canadá no Pleno do Parlamento Europeo o 16/09/2014.

 3 comentarios en: Cultura, Língua karma: 83
27votadas

Condenan a un total de 11 anos e 5 meses a 6 das 11 persoas acusadas no xuízo #8F45anos

Once anos e 5 meses de prisión. É a pena total que a xuíza impón a 6 das 11 persoas encausadas no proceso coñecido como #8f45anos, e polo que se xulgaban os incidentes decorridos en Compostela en 2009 co gallo da convocatoria dunha manifestación de Galicia Bilingüe contra "la imposición del gallego". Cinco das acusadas foron absolvidas de todos os cargos: Alexandre R., Roberto R., Abraham P., Roberto C. e Antonio F.A sentenza, segundo confirmaron fontes da defensa a Sermos Galiza, contempla unha pena que implicaría o ingreso en prisión dun dos

 sen comentarios en: Cultura, Língua karma: 103
29votadas

Canal + ignora unha clienta porque fala galego

Tras dous meses agardando resposta logo de informar dun problema co servizo que tinha contratado, esta clienta volveu insistir solicitando unha contestación, ante o que o Servizo de atención ao cliente de Canal + respondeu literalmente: “Sentimos informarle de que desde nuestro Centro de Servicio al Cliente sólo nos es posible atender las comunicaciones realizadas en español. No nos ha sido posible realizar la traducción de su escrito por lo que le rogamos que nos lo vuelva a enviar en español para poder atender su consulta.”

 sen comentarios en: Cultura, Língua karma: 107
35votadas

'Palhaça’ por falar galego em Lugo

Hoje aconteceu-me algo que já nem pensava que pudesse acontecer: uma jovem, ao me despachar pan numa loja chamou-me «palhaça» por falar em galego. Ainda , segundo ela, faltei-lhe ao respeito simplesmente por lhe perguntar o preço do pão em galego.- Quanto é?- ¿Cómo? ¿Cuanto es?-Não. Disse «quanto é?», em galego.- Es que yo no hablo gallego. Estamos en España.- Pois aqui estamos na Galiza. Podemos falar castelhano no resto do Estado, mas só galego aqui.- Yo ni lo sé ni quiero saberlo.- Sabes o quê? Já não levo o pão.Ao sair eu pela porta escute

 sen comentarios en: Cultura, Língua karma: 107
20votadas

Aporto: Cinco anos tecendo redes vídeo

Documentário sobre os cursos aPorto, da origem à actualidade, na sua 5ª edição. 2010-2014

 sen comentarios en: Cultura, Língua karma: 103
21votadas

Prioridade às línguas minoritárias vídeo

A UNESCO estima que metade das mais de 6 mil línguas faladas hoje em dia vai desaparecer até o final do século. Há várias razões pelas quais algumas línguas são abandonadas e outras prosperam. Vamos para o Quénia descobrir o que está a acontecer por lá e como um homem está a lutar para manter a sua língua materna viva. Fomos até o País Basco descobrir o que está a acontecer com a língua basca, que a UNESCO diz estar em risco de desaparecer. Vamos ver os esforços que estão a ser feitos para a salvar. O processo começa nas ikastolas.

 1 comentarios en: Cultura, Língua karma: 95
19votadas

Carvalho contra Piñeiro: um documento para a história do reintegracionismo

Se há uma coisa certa no movimento reintegracionista é que ainda nos resta muito por conhecer na nossa história. Poucos historiadores têm prestado a devida atenção ao discurso de língua dentro do galeguismo político e cultural, embora o reintegracionismo também tenha a sua parte de responsabilidade. A recorrente utilização de expressões como “A tradição do galeguismo histórico sempre foi lusista”, legitimava as teses do integracionismo (por citar a expressão alcunhada por Rodrigues Lapa), mas paradoxalmente também paralisava o seu conhecimento.

 4 comentarios en: Cultura, Língua karma: 97
16votadas

Diferenças ortográficas entre o inglês britânico e o americano

Injustamente, sempre se fala do inglês americano e o britânico como se forem as duas únicas variantes que existem, quando há muitas mais, como o australiano, o sul-africano, o irlandês... mas som as duas mais estudadas. Además das evidentes diferenças fonéticas e os giros lingüísticos, há diferenças ortográficas. Vejamos vários exemplos.

24votadas

O galego e a Lusofonia

Qual a relação entre o galego e a Lusofonia? Desde há décadas, do lado galego não há uma resposta única. [...] Porém, não se pode falar de dois blocos enfrentados, mas de tendências misturadas, que passam por duas soluções principais: uma é o uso de uma grafia de base espanhola para o galego, outra é a adaptação da ortografia portuguesa para a escrita do galego.

 sen comentarios en: Cultura, Língua karma: 105
19votadas

Carne de Fronteira: Português oliventino vídeo

Vídeo realizado por Milagros Rodríguez e a associação Além Guadiana para a promoção da língua portuguesa em Olivença.

 2 comentarios en: Cultura, Língua karma: 97
14votadas

CHA protesta polo concurso de relatos da FLA “apenas en castelán” [AR]

A Feira do Libro Aragonés de Monzón fará nesta edición, que se fará en decembro, vinte anos, e para celebralo convocaron un concurso de relatos. Aínda que tradicionalmente a feira acolleu postos de asociacións en defensa das linguas de Aragón, e mesmo o cartaz se fixo nas tres linguas, o concurso apenas admite obras escritas en castelán.

15votadas

Entrevista à equipa de Círculo Edições

Desde 2013 temos um novo projeto editorial com o objetivo explícito de «fomentar os intercâmbios entre a Galiza e o resto da Lusofonia». Trata-se do Círculo Edições–Iniciativa Cultural Galego-Portuguesa, que aliás decidiu adotar o Acordo Ortográfico de 90 para aproveitar a «contigüidade lingüística entre os falares galegos e os portugueses». O centro da atividade da editora encontra-se agora na revista Elipse e os seus votos para um futuro promissor na aposta em novos valores.

 1 comentarios en: Cultura, Língua karma: 95
25votadas

Recursos linguísticos online para galego ILG-RAG e para galego-português

Lista de ligações a recursos linguísticos que se podem encontrar na rede, tanto para galego em normativa oficial como para galego-português. Compilação feita pola cooperativa MaOs Innovación Social.

 4 comentarios en: Cultura, Língua karma: 79
22votadas

Por que o chaman Manzaneda se non hai mazás?

Os lingüistas do Proxecto Gaelaico argumentan que o topónimo deste lugar podería ter a súa orixe no gaélico escocés ‘Màm Sneachda’ e no gaélico irlandés ‘Mám Sneachta’ que significan montaña redondeada de neve. Estraña atopar un topónimo claramente castelán en Galicia cando hai unha chea de topónimos en Galicia cos vocábulos galegos maceira, mazaira, maciñeira ou as súas variantes e derivados.

 5 comentarios en: Cultura, Língua karma: 95
27votadas

Português a quarta língua mais falada no mundo

O português é atualmente a quarta língua mais falada no mundo, segundo dados apresentados na exposição “Potencial Económico da Língua Portuguesa” - instituto-camoes.pt/images/pdf_noticias/expopelp_pefev14.pdf -, em exibição no Parlamento Europeu. A língua portuguesa atingiu a sua plena identidade linguística no início dos Descobrimentos, no século XV, e hoje é usada por mais de 250 milhões de pessoas como idioma oficial. Este universo de falantes representa mais de 7% da superfície continental da Terra.

« anterior12345...131» seguinte

Chuza